Pokémon

Pokémon

Pokémon (ou Pocket Monsters, do inglês "monstros de bolso") é uma mundialmente conhecida marca japonesa que engloba um grande universo de produtos.

Pokémon
História

Começou como um videogame criado pelo japonês Satoshi Tajiri em 1996 para o primeiro console portátil da Nintendo, o Game Boy, auxiliado pelo desenhista Ken Sugimori. O primeiro jogo da série foi a edição Green, seguida das edições Red & Blue. O objetivo dos jogos era capturar e treinar várias criaturas semelhantes a animais chamados Pokémon para utilizá-los em duelos contra outros "Pokémon". Essas criaturas eram guardadas em pequenas bolas chamadas Pokéballs (ou Pokébolas).

Estes jogos tiveram um grande sucesso, resultando na criação de uma série de desenhos animados que começou a ser transmitida no Japão em 1997 e se tornou muito popular principalmente entre as crianças. A série conta a história de um garoto de 10 anos chamado Ash Ketchum (Satoshi, no original em Japonês) que começa uma viagem para tornar-se um mestre de Pokémon. Devido ao sucesso adquirido no Japão, os episódios foram exportados para países de todos os continentes, tornando-se febre mundial e resultando no lançamento de nove filmes.

Hoje, 11 anos após sua criação, os videogames estão entre os mais vendidos, resultando inclusive em campeonatos. O desenho animado já está em sua 10ª temporada no Japão e os produtos com a marca Pokémon rendem milhões de dólares anualmente.

Criação

O criador dos Pokémon é o programador Satoshi Tajiri. Seu passatempo na juventude era a entomologia, onde coletava e catalogava insetos. Observando suas características e, absorvendo o conceito de metamorfose, Tajiri criou um sistema de jogo onde jogadores batalhavam entre si usando monstros que, com a aquisição de experiência, poderiam "evoluir" para formas mais poderosas.

Entretanto, Pokémon permaneceu como um jogo "artesanal" até que Tajiri fundou a Game Freak, a empresa com a qual entraria no ramo de jogos eletrônicos, auxiliado pelo desenhista Ken Sugimori, responsável pelo visual dos monstros. Desenvolvendo jogos para a Nintendo, Tajiri produziu para o Game Boy o primeiro jogo da série, Pokémon Green, em 1996. Este jogo não chegaria a ser traduzido para o inglês, e o resto do mundo só viria a conhecer Pokémon através dos lançamentos seguintes, Pokémon Red e Pokémon Blue.

Universo Pokémon

Parque temático de Pokémon em Nagoya Aichi.Ver artigo principal: Universo Pokémon.
O Universo Pokémon seria uma dimensão paralela a nossa. Nesse universo, há um planeta, onde vivem criaturas chamadas Pokémon. Ali vivem também humanos, a raça dominante. Pokémon e humanos têm convivido em paz e harmonia durante milênios e durante esse tempo, os humanos aprenderam a dominar os Pokémon. Com isso eles criaram as Pokébolas para poder manter os Pokémon guardados. Humanos usam Pokémon como companheiros, bichos de estimação e principalmente para batalhar com outros humanos.

Com isso, os continentes criaram ligas, para ver quem era o melhor do continente. Assim, foram criadas a Liga Regional de Kanto, Liga Regional de Jotho, Liga Regional de Hoenn e Liga Regional de Shinnoh.

Os humanos que usam Pokémon para batalhar foram denominados treinadores Pokémon. Os humanos que pesquisaram e ainda pesquisam os Pokémon foram denominados Pesquisadores Pokémon e ainda há muitos outros tipos de denominações para humanos que usam de alguma forma os Pokémon.

Ainda há muitos mistérios sobre o mundo Pokémon que precisam ser revelados. Há alguns fragmentos de certos Pokémon que, juntos, formam uma pequena história do mundo Pokémon.

Video game

A origem de toda a historia pokémon--anime,manga,estampas ilustradas,entre muitos outros--surge em um jogo, para o antigo console da nintendo gameboy, chamado Pocket Monster Green Version, conhecido como Pokemon Green, lançado em 1995,no Japão. Este jogo nunca foi lançado como versão ocidental, mas somente o jogo Pokemon Red, lançado junto a Pokémon Green no japão, e, também, uma nova versão: Pokemon Blue (1997). Devido ao sucesso destes jogos, houve o lançamento de uma versão diferente, que seguia o roteiro do Anime, Pocket Monsters Yellow Version Special Pikachu Edition (surgiu no ano de 1997), onde se contemplava determinadas modificações no roteiro das versões anteriores, embora o objetivo fosse o mesmo. E ainda, os jogos não ficaram só no console gameboy, mas também, para Nintendo 64: Pokemon Stadium e Pokemon Snap.

Por conta do alto rendimento, que conquistava cada vez mais fãs--em escala mundial, viu-se a necessidade de continuar a saga. Foram lançados dois novos jogos para gameboy, continham uma aventura diferente dos anteriores, e que traziam novos 100 pokémons: Pokémon Gold e Pokemon Silver, em 2000. Para Nintendo 64, houve a continuação da versão stadium: Pokemon Stadium 2 (ou 3, assim nomeado no Japão, existem diversas diferenças entre as versões americanas e japonesas de Pokemon Stadium 1). E, assim como a versão Yellow está para Red e Blue, foi lançada a versão Cristal (Special Suicune Version), que destacava o lendário Suicune, e era a única que havia a possibilidade de conseguir o pokémon lendário Celebi (Serebii, em japonês).

Em 2003, estrearam as primeiras versões para gameboy advence: Pokémon Ruby e Saphire. As duas versões romperam a compatibilidade com os antigos jogos, e além disso trouxeram novos 135 pokémons. Estes, de certo modo, surpreenderam. Isso, porque, possuiam um diferenciamento no estilo de desenho, isto se deu pelo fato de haver mais desenhistas, e não o único de sempre. Nestas duas versões, não era possível capturar todos os, então,386, mas somente, 200 pokémos. Além disso, possuiam, para compensar, conectividade com os, também estreantes, jogos de game cube (console da Nintendo, lançado em 2003)Pokémon Colisseum e Pokémom Channel, e depois ainda com Pokémon XD:Gale of Darkeness.

Em 2004, as duas primeiras versões (Green e Red) ganharam um novo design, e reestrearam na forma de remakes, são as versões Leaf Green e Fire Red. Nestas, a história do jogo é semelhante a das versões antigas, todavia, possuem alterações e atualizações importantes, além de uma continuação da história: as ilhas do Arco-Irís. Completando esta parte, há a possibilidade da conecção com as versões Ruby e Saphire. Também, neste mesmo ano, foi lançada a versão Pimbal Ruby e Saphire, semelhante ao jogo de pimbal convencional, no entanto, seu objetivo, assim como em todos os demais jogos lançados anteriomente, é completar a Poké-agenda.

O último, e também melhor, jogo lançado para Gameboy Advence, em 2005 (no ocidente), foi Pokémon Emerald. Este jogo estabelecia uma enorme adição de recursos e novidades em relação aos jogos anteriores. Além disso é a unica versão, dentre todos os games pokémon, em que existe a possibilidade de capturar o pokémon Mew (nº151, na poké-agenda National).

Após a temporada de jogos em estilo RPG, foi lançado, em agosto de 2005, um jogo completamente diferente do já havia sido visto: Pocket Monsters Mysterious Dungeon: Rescue Team Red. Neste jogo não há um treinador sequer. O jogador controla diretamente, de dois a quatro, pokemons, que se agrupam em times, para resgatar pokémons perdidos em cavernas, florestas, montanhas e muitos outros tipos de paisagem. Também, pode-se lutar contra pokémons que são capazes de destruir o vilarejo, e mesmo o mundo, que são, na maioria, lendários.

Para o novo console portátil da empresa Nintendo NDS (Nintendo Dual-Screem), foram lançadas diversas versões não RPG, tais como, Pokémon Dash (corrida), Pokémon Trozei (estilo tétris), Pokémon Ranger (Que inspirou o 9º Filme), e Pokémon Mysterious Dungeon: Rescue Team Blue (semelhante à versão de gameboy avence).

Em setembro de 2006, foram lançadas as duas mais novas versões, também para Nintedo DS, Pokémon Pearl e Pokémon Diamond. Onde Retorna o estilo RPG, com inúmeras mudanças, um novo continente: Sinnoh, e mais 107 pokémons, o que dá 493, no todo. Previsto para estrear no Ocidente em 2007.

E, também para o ano de 2007, está previsto o lançamento de um game para o novíssimo Nintendo Wii: Pokémon Battle Revolution, que contará com belíssimos gráficos e interações com os jogos de NDS, além do sistema Wi-Fi que permite jogar com jogadores de diversas partes do mundo, e suas inúmeras culturas. Este sistema já existe em jogos do console NDS, que aliás, diferente de pokémon advence, possuem compatibilidade com suas versões anteriores.

Além de todos os games citados acima, há outros relacionados a Pokémons, são estes: TCG GB, TCB GB 2, Pluzze Challenge, Poké-Park Fish e pokémon Mini--uma espécie de mini-game, recomendado a pequenas crianças. Houve também, o jogo, semelhante a bichinhos virtuais, chamado Pikáchu DS--onde há uma interação direta entre a pessoa e uma espécie de pikachu de estimação.

E este, é o desenrolar da história pokémon nos Videogames, que inspirou tudo o que conhece-se e criou-se sobre o grande Universo Pokémon.

Anime

No Japão, o anime Pokémon foi um sucesso desde o princípio. A Nintendo aproveitou a receptividade da marca junto às crianças para investir na produção de uma série de desenhos animados. Através da televisão, crianças que não possuíam Game Boys entraram em contato com Pokémon, expandindo ainda mais a área de influência da marca. Nos Estados Unidos, os primeiros jogos (Pokémon Red e Blue, para Game Boy Color) foram lançados em 1998, e a boa receptividade motivou a dublagem e lançamento dos desenhos em 1999. No Brasil e em Portugal, Pokémon tornou-se popular com o lançamento da série de desenhos nos canais Record e Cartoon Network (Brasil) e SIC (Portugal), em 1999. Atualmente, nos Estados Unidos, existem 150 empresas licenciadas que produzem e vendem produtos com a marca Pokémon, movimentando um mercado milionário anualmente (estima-se que a marca valha hoje em torno de 7 bilhões de dólares).

O desenho (ou anime, embora alguns puristas não considerem a caracterização dos personagens e as animações como elementos de um anime autêntico[Carece de fontes?]) baseia-se na história do garoto Ash Ketchum. Aos dez anos o jovem decide se tornar um treinador pokémon e recebe seu primeiro pokémon, um Pikachu (que ainda acompanha Ash), de presente do Professor Oak (ou o Professor Carvalho, no Brasil), e parte de casa para uma jornada em busca de novos amigos e pokémons, com o objetivo de se tornar campeão das Ligas Pokémon. Ash conhece em seu caminho amigos como Misty, Brock, Tracey, May e Max, e adversários como a Equipe Rocket (esta tenta capturar o Pikachu de Ash em todos os episódios, parte de um plano de dominação mundial, apesar de sempre serem derrotados pelo Choque do Trovão), os rivais Gary, Drew, Harley, Morrison, Tyson e os Times Aqua e Magma. A série encontra-se em sua oitava temporada no Brasil — intitulada Pokémon Advanced Battle —, nona nos Estados Unidos — Pokémon Battle Frontier — e no Japão encontra-se na décima temporada — Pokémon Diamond & Pearl Generation. Atualmente no Brasil a série está sendo exibida pelo Cartoon Network e a Rede Família.

Um revés curioso que chamou a atenção do mundo antes mesmo de Pokémon ser exibido fora do Japão foi no episódio 38, quando Pikachu libera um choque elétrico durante uma batalha. O efeito da animação original, da freqüência de flashes luminosos, desencadeou reações em telespectadores epilépticos. Foram cerca de 600 casos registrados após a exibição do programa. Desde então, os efeitos foram trabalhados para evitar problemas em pessoas sensíveis, o episódio 38 foi cortado e a produção da série ficou parada por um ano antes da série ser lançada fora do Japão.

Jogo de cartas

O card game (difere-se de um jogo normal pelo uso de diferentes tipos de cartas, como as de monstro, item e energia) Pokémon chama-se Pokémon TCG (TCG é a sigla de Trading Card Game, ou Jogo de Troca de Cartas). O TCG difere-se dos CCGs (Collecting Card Games, ou Jogo de Coleção de Cartas e mais populares, tais como Magic, Spellfire e outros) porque não tem como objetivo coletar cartas e eventualmente usá-las, mas sim porque as escolhas (cartas) que o jogador faz podem mudar o futuro da partida.

O jogo, lançado no Japão pela Media Factory e nos Estados Unidos pela Wizards of the Coast, aparece no Brasil com versões em português e inglês (apenas poucos meses antes do lançamento da série em português) por importação da Devir, empresa conhecida pela distribuição de RPGs no Brasil. O jogo é composto pelas séries antiga (não usadas mais no formato Modified): Básica (com o maior número de cartas, a série inicial) e as expansões liberadas depois: Jungle (ou Selva), Fossil-Fóssil e Team Rocket-Equipe Rocket (apenas nos Estados Unidos ou em exportadoras) e Gym 1, Gym 2, Neo 1 , Neo 2, Neo 3, Neo 4, VS (apenas no Japão), Expedition, Aquapolis e Skyridge. As coleções válidas no atual formato Modified DX-on são: EX Deoxys, EX Emerald, EX Unseen Forces, EX Delta Species, EX Legend Maker, Ex Holon Phantons, EX Crystal Guardians, EX Dragon Frontiers, sendo que coleções posteriores são válidas a partir do momento de seu lançamento nas lojas.

O modo de jogar é simples: um jogador, com seu deck (baralho) de 60 cartas devidamente selecionadas entre Pokémon e evoluções (utilizadas para as batalhas em si), energias (para a utilização dos ataques dos pokémon) e treinadores (cartas que ajudam a se montar a combinação pokémon-energias rapidamente e de boa forma), luta contra um outro jogador, onde a vitória se consegue pela compra de prêmios (cartas bônus pelo nocaute de um pokémon adversário. Um pokémon é considerado nocauteado quando a quantidade de dano nele é igual ou superior aos seus pontos de vida), fim dos pokémons adversários (o adversário não têm mais pokémons disponíveis) ou mesmo o fim do baralho do adversário (quando o adversário não tem mais de onde "comprar" cards). O jogo, em si, traz referências às regras de Magic, mas com algumas mudanças bem características, como por exemplo, a utilização de energias diretamente em um pokémon, e não manas para todas as cartas.

Outro fator importante é o preço do jogo. Devido a popularização do jogo no Brasil, os preços do booster e do deck pré-construído diminuíram consideravelmente (já chegaram a custar 30,00 reais e 100,00 reais respectivamente) e atualmente os boosters custam 5,50 reais e os decks 58,00 reais. Todos as cartas são importadas, dependem das versões (inglesa e japonesa), o que os torna caros comparados com outros card games, agora há a versão brasileira com apenas cinco cartas que não são importadas. O recomendado a iniciantes é que se compre um deck pré-construído e quatro ou cinco boosters, com isso indo alterando o deck pré-construído pouco a pouco.

Campeonatos de Pokémon TCG já acontecem por todo o Brasil, tendo o seu calendário concentrado no primeiro semestre do ano com torneios City Championship, Regional Championship e o National Championship de Pokemon, torneios esses que começam em janeiro e terminam em junho. Durante o resto do ano ocorrem torneios como Real Master Pokemon e Pré-releases de coleções novas. Durante o ano inteiro acontece a Liga Pokémon, destinada a atrair jogadores dispostos a fazer novas amizades e testar seus decks. A atual temporada da Liga é a Fronteira da Batalha.

Filmes

Em 1999 (2000, no Brasil) foi lançado o primeiro longa metragem de Pokémon: Pokémon - The First Movie: Mewtwo Strikes-Back (Pokémon - O filme: Mewtwo Contra-Ataca), seguido de outros dois longas lançados nos cinemas e outros cinco em vídeo e DVD, mas que saíram nos cinemas de outros paises. Atualmente foram lançados Pokémon 2000 (lançado em 2001 e Pokémon 3 (em 2002). Em 2005 foi lançado no Brasil o filme Pokémon 4 pela distribuidora Europa Filmes. Atualmente a Europa Filmes está providenciando a compra dos filmes 6 e 7 para o segundo semestre de 2006 e a compra do filme 8 para 2007, mas está impossibilitada de comprar o quinto filme, pois este já foi adquirido pela Buena Vista e transmitido na SKY.

Mangá

O mangá foi primeiramente lançado no Japão e, com o sucesso da série, expandiu-se globalmente. São várias séries, como Red, Blue & Green, Yellow, Gold, Silver & Crystal, Ruby & Sapphire, Fire Red & Leaf Green e Emerald (ou Battle Frontier Series). Ele tem enredo e personagens diferentes dos do anime, tendo como protagonista da primeira temporada o garoto Red, com biografia semelhante a de Ash. No Brasil, as revistas Pokémon Club e Pokémon Club Evolution publicaram durante um certo tempo uma fotonovela das primeiras temporadas.

Navegação em palavras-chave:

Saga: Pokémon
Produtor: Nintendo
Criador: Satoshi Tajiri
Ano: 1996

pocket monstros texto jogo serie