Michael Jackson não morreu, assistiu o show da “morte” de camarote, e “viverá” em uma ilha remota.

25/06/2009
Michael Jackson não morreu, assistiu o show da “morte” de camarote, e “viverá” em uma ilha remota.

O Michael Jackson não morreu, um grande plano digno de uma superprodução hollywoodiana. Acreditando que morrer seria o melhor a fazer, o maior show de sua vida, provando sua maior excentricidade.

Michael Jackson não morreu, assistiu o show da “morte” de camarote, e “viverá” em uma ilha remota.
Michael Jackson, um destaque no mundo da música pop, ficava ombro a ombro com o Rei do Rock, Beetles e Frank Sinatra, sua habilidade, como cantor, compositor e arranjador, eram ofuscados por sua excentricidade, abusos sexuais por crianças, jornada de autodestruição e principalmente pelo seu desconforto com as regras do mundo.

Com seus altos e baixos, descrente de si, com “Síndrome de artista rejeitado”, mas sonhava que com um passe de mágica ele iria ser o nome mais procurado na internet, capas de revistas, portais de internet e jornais em primeira página aclamando em destaque seu nome, seus feitos, suas musicas.

Super fã de Elvis Presley, casou com sua filha Lisa Marie Presley, para ser o “Genro do Rei do Rock”, que baseado no “Elvis não morreu” se inspirou na sua morte arranjada, plano digno de uma superprodução hollywoodiana. Acreditando que morrer seria o melhor a fazer.

A série de 50 Shows em Londres, que seria a partir de 13 de julho, faz parte do plano.
Maior de suas excentricidades: Assistir o show de sua própria morte, ver seus próprios fãs chorarem e aclamarem por ele. Atingir seu objetivo.

Mas suas maluquices não param por ai, ele fez questão de deixar várias pistas que serão notadas no futuro, para “dar o que falar”, e realmente para terem essa suspeita, isso gera mídia, faz com que as pessoas mesmo “mortas” continuam ter evidências.

Ajudas:



Além de eu e você que está lendo, pouquíssimas pessoas sabem da verdade, mais precisamente Jermaine Jackson seu irmão, dois médicos e um enfermeiro do hospital da Universidade da Califórnia (muito bem pagos).

Mudanças físicas:



Ele secretamente esteve em Cuba, onde da mesma forma existem transplante de coração, existe uma técnica de transplante da pele facial, que um falecido doador com todas as características necessárias para o Michael. Com bronzeadores artificiais, deixou o resto do corpo com o mesmo tom de pele latino do novo rosto. Como está sempre coberto ninguém alem dos envolvidos notou.

Em contra partida o mesmo corpo doador, recebeu o rosto do Jackson, para ser utilizada na autópsia arranjada, e ser velado no lugar dele.

Morte arranjada - O Plano perfeito:



Uma casa alugada em Holmy Hills. Previamente preparada para o inicio do seu maior show. Em um suposto coma profundo, os “cúmplices” decretaram a morte do astro pop, tão real que até mesmo os demais paramédicos não envolvidos acreditem da suposta parada cardíaca.

Michael saiu vestido de paramédico, junto com pessoas não envolvidas na trama sem levantar suspeitas, já com seu visual latino. Entrou em uma ambulância onde nem o motorista percebeu, deixando-o no hospital e pegou sozinho um carro e foi longe de tudo e todos, facilitando sua escapada triunfal.

Novo local da moradia:



Até então morando na ilha artificial Amwaj na costa de Bahrein, escolheu algo mais simples e retirado de todos. Tinha em mente Ilhas Canárias baseadas na musica “Got To Be There (Canary Island Chillout)”, descartou por não ser privado o suficiente. Então escolheu uma ilha no mar Salomão, próximo ao nordeste australiano, local exato ainda não revelado.
O passaporte que lhe dá a idade de 43 anos, a mesma idade do doador facial. Escolheu o dia 25 de junho de 2009 por ser uma data que terá revelações ligadas ao seu paradeiro, mas com objetivo de nunca encontrar-lo.

Previsões:



Grande procura de licenciamentos de jogos, estilo Guitar Heroes misto com Dance-Dance, com seu nome.
Em 2011 estará nas telas do cinema um filme baseado na vida e morte de Jackson. Patrocinada secretamente e indiretamente por ele mesmo.

O Retorno:



O retorno está inicialmente previsto em exatos 10 anos após sua morte com então 60 anos. Claro se não morrer de verdade até lá. Que será definitivamente mais soberbo e mais comentado que sua própria morte.

Outras previsões não relacionadas:



No fim de 2011, morrerá cantor na mesma “altura” de Jackson em acidente aéreo.
Em meados de 2019, em missão tripulada os Russos irão a lua provar que USA nunca pisou lá

Um texto de Luciano Cadari



Todos direitos reservados. Poderá ser copiado e distribuido com citação do autor e fonte